ANÁLISE DE REAÇÃO CRUZADA DE TESTES RÁPIDOS DOS VÍRUS ZIKA E DENGUE EM CLÍNICA DE REPRODUÇÃO ASSISTIDA DE BELO HORIZONTE

Paula Fernandes Távora, Izabella Marçal Macedo, Sarah Isaac Bernardes

Resumo


Introdução: O Zika vírus (ZIKV) é um arbovírus e sua infecção foi considerada uma doença benigna. No entanto, em 2016, ao perceber a correlação do ZIKV com a Síndrome de Guillain-Barré em adultos e a microcefalia em recém-nascidos, a doença foi considerada um problema de saúde publica. O diagnóstico clínico de Zika é complicado, pois seus sintomas se assemelham muito aos de outras arboviroses e foi percebido que nos testes rápidos ocorre reação cruzada entre anticorpos do vírus Dengue e do vírus Zika, o que torna o diagnóstico ainda mais desafiador. Objetivo: Avaliar se há reação cruzada entre a detecção de anticorpos da família do Zika e do Dengue Vírus na testagem rápida por imunocromatografia, e avaliar a incidência de resultados positivos nas amostras testadas. Método: Trata-se de um estudo observacional transversal, realizado com 83 mulheres que estavam em processo de reprodução assistida. A coleta dos dados foi realizada por meio de punção digital das participantes e o sangue coletado foi utilizado para os seguintes testes rápidos: Dengue IgG/IgM e Zika vírus IgG/IgM Resultados: Foram avaliadas 83 mulheres com idade média de 36,8 ± 4,4 anos. Em relação às reações cruzadas, 12 mulheres (14,5%) obtiveram resultado positivo para Dengue IgG e para Zika IgG. Ainda, 1 paciente (1,2%) obteve resultado positivo para dengue IGM e para zika IGM. Conclusão: A utilização de testes rápidos para ZIKV para triagem sorológica em clínicas de reprodução assistida, que apresentam baixa ou nenhuma reação cruzada com outros vírus, é de grande importância para segurança do paciente.

Palavras-chave: Zika vírus; Infecção pelo Zika vírus; Microcefalia; Reações Cruzadas.


Texto completo:

PDF

Referências


Dias IKR, Sobreira CLS, Martins RMG, Santana KFS, Lopes MSV, Joventino ES, et al. Zika virus: - a review of the main aspects of this type of arbovirosis. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2018; 51(3), 261-269

Priyamvada L, Quicke KM, Hudson WH, Onlamoon N, Sewatanon J, Edupuganti S, et al. Human antibody responses after dengue virus infection are highly cross-reactive to Zika vírus. Proc Natl Acad Sci U S A. 2016;113(28):7852-7

de Moraes FM, Espósito DLA, Klein TM, da Fonseca BAL. Searching for the best real-time RT-PCRs to detect Zika virus infections: the importance of comparing several protocols. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, 2018;51(6), e7221.

Lowe R, Barcellos C, Brasil P, Cruz OG, Honório NA, Kuper H, et al. The Zika Virus Epidemic in Brazil: From Discovery to Future Implications. Int J Environ Res Public Health. 2018;15(1):96.

Priyamvada L, Hudson W, Ahmed R, Wrammert J. Humoral cross-reactivity between Zika and dengue viruses: implications for protection and pathology. Emerg Microbes Infect. 2017;6(5):e33

Stettler K, Beltramello M, Espinosa DA, Graham V, Cassotta A, Bianchi S. Specificity, cross-reactivity, and function of antibodies elicited by Zika virus infection. Science. 2016;353(6301):823-6

ANVISA. Critérios técnicos para o gerenciamento do risco sanitário de células, tecidos germinativos e embriões humanos para uso terapêutico frente aos casos de infecção por vírus Zika no Brasil. Nota Técnica n.º 008/2016/GSTCO/GGMED/ DIARE/ANVISA. RDC nº 72, de 30 de março de 2016.

Tozetto-Mendoza TR, Avelino-Silva VL, Fonseca S, Claro IM, Paula AV, Levin AS et al. Zika virus infection among symptomatic patients from two healthcare centers in Sao Paulo State, Brazil: prevalence, clinical characteristics, viral detection in body fluids and serodynamics. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo 2019 ; 61: e19.

Zaidi MB, Cedillo-Barron L, González Y Almeida ME, Garcia- Cordero J, Campos FD, Namorado-Tonix K. Serological tests reveal significant cross-reactive human antibody responses to Zika and Dengue viruses in the Mexican population. Acta Trop. 2020 Jan;201:105201

Chen H, Liu K, Li Z, Wang P. Point of care testing for infectious diseases. Clin Chim Acta. 2019;493:138-147.

Mauk MG, Song J, Bau HH, Liu C. Point-of-Care Molecular Test for Zika Infection. Clin Lab Int. 2017 Jun; 41: 25–27.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 REVISTA INTERDISCIPLINAR CIÊNCIAS MÉDICAS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

INDEXAÇÕES 

     

 

 

 

ISSN 2526-3951