EXISTE RELAÇÃO ENTRE FUNCIONALIDADE E QUALIDADE DE VIDA EM CRIANÇAS COM DISFUNÇÃO POSTURAL PRATICANTES DE EQUOTERAPIA?

Karen Carvalho Cardoso, Matheus Marcelino de Oliveira, Nayara Taciane de Campos, Ana Clara Santana de Souza, Pollyana Helena Vieira Costa, Rejane Vale Gonçalves

Resumo


Introdução: A hipotonia de tronco pode levar a déficits no controle da postura, sendo associada a limitações na função motora grossa, além do desempenho nas atividades de vida diária. Indivíduos que apresentam hipotonia podem sofrer interferências em relação à funcionalidade e à atividades como alimentação, banho, higiene e locomoção. Objetivo: Investigar a relação entre funcionalidade e qualidade de vida de crianças que apresentam hipotonia de tronco causada por diferentes disfunções neurológicas, que praticam a equoterapia concomitante a outras terapias. Método: Estudo observacional transversal, realizado em três instituições hípicas. Para caracterização da amostra, foi utilizado um questionário elaborado pelos pesquisadores. A funcionalidade das crianças foi avaliada pelas duas primeiras partes do Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade (PEDI) e a qualidade de vida pelo Questionário Pediátrico sobre Qualidade de Vida (PedsQL). O coeficiente de correlação de Spearman foi utilizado para testar a relação entre as variáveis numéricas. Resultados: As 20 crianças apresentaram comprometimentos no desempenho de atividades em todos os domínios das habilidades funcionais, sendo as piores pontuações na área de mobilidade, sendo este desempenho associado positivamente com a qualidade de vida dessas crianças. O estudo mostrou correlação forte entre a funcionalidade dessas crianças com a sua qualidade de vida (ρ = 0.70 a 0.81). Conclusão: Com base nos resultados, pode-se concluir que as crianças com hipotonia de tronco podem apresentar maior comprometimento da funcionalidade, principalmente no domínio mobilidade e que este comprometimento está relacionado com a qualidade de vida das crianças.

 

Palavras-chave: Hipotonia Muscular; Equilíbrio Postural; Qualidade de Vida; Atividades Cotidianas.


Texto completo:

PDF

Referências


Campos, Denise Santos, Denise Castilho Cabrera. Controle Postural E Motricidade Apendicular Nos Primeiros Anos De Vida. Fisioterapia Em Movimento, [S.L.], V. 18, N. 3, Ago. 2017. Issn 1980-5918. Disponível Em: .

Cordeiro, Erika Suenya Gomes et al . Análise bibliométrica da literatura sobre equilíbrio postural em crianças com Transtorno do Espectro Autista. Rev. CEFAC, São Paulo, v.22, n.2, e18319, 2020. http://dx.doi.org/10.1590/1982-0216/202022218319.

Westcott, S.L., Burtner, P. Postural control in children: implications for pediatric practice. Phys Occup Ther Pediat., v.24, p.5-55, 2004.

Shumway-cook, A., Woollacott, MH. Controle postural normal. Controle motor: teoria e aplicações práticas. 3 ed. Barueri, São Paulo: Manole, 2010. p.157-186.

Gandolfo, Luciana. Eutonia: a percepção da variação do tônus através da atenção às sensações corporais. In: Encontro Paranaense, Congresso Brasileiro De Psicoterapias Corporais, XVIII, XIII, 2013. Anais. Curitiba: Centro Reichiano, 2013.

Woollacott, M.H., Shumway-cook, A. Postural dysfunction during standing and walking in children with cerebral palsy: what are the underlying problems and what new therapies might improve balance? Neural Plast., v.12, p.211-219, 2005.

Liao, H.F., Wang, A.W., Relations of balance function and gross motor ability for children with cerebral palsy. Percept Mot Skills, v.96, p.1173-1184, 2003.

Bartlett, Doreen J. et al. Determinants of gross motor function of young children with cerebral palsy: a prospective cohort study. Dev. Med. Child Neurol., v.56, p.275-282, 2014.

Curtis, Derek John et al. The central role of trunk control in the gross motor function of children with cerebral palsy: a retrospective cross-sectional study. Dev. Med. Child Neurol., v.57, p.351-357, 2015.

Pina-garza Jesus Eric. The Hypotonic Infant. In: Pina-Garza JE. Fenichel’s Clinical Pediatric Neurology. 7th ed. London: Elsevier Saunders. 2013; p. 147-69.

Duarte RCB. Hipotonia na infância. Resid. Pediatr. 2018;8(0 Supl.1):40-44 DOI: 10.25060/residpediatr-2018.v8s1-07

Schelbauer, Camila Regina; Pereira, Paty Aparecida. Os efeitos da equoterapia como recurso terapêutico associado com a psicomotricidade em pacientes portadores de síndrome de down. Saúde e meio ambient.: rev. interdisciplin., [s.l.], v. 1, n. 1, p.117-130, 6 jul. 2012. Universidade do Contestado - UnC. http://dx.doi.org/10.24302/sma.v1i1.223.

Lee, Chae-woo; Kim, Seong Gil; NA, Sang Su. The Effects of Hippotherapy and a Horse Riding Simulator on the Balance of Children with Cerebral Palsy. J. Phys. Ther. Sci., [s.l.], v. 26, n. 3, p.423-425, 2014. Society of Physical Therapy Science. http://dx.doi.org/10.1589/jpts.26.423.

Guindos-sanchez L, Lucena-Anton D, Moral-Munoz JA, Salazar A, Carmona-Barrientos I. The Effectiveness of Hippotherapy to Recover Gross Motor Function in Children with Cerebral Palsy: A Systematic Review and Meta-Analysis. Children (Basel). 2020;7(9):106. Published 2020 Aug 19. doi:10.3390/children7090106

Hsieh YL, Yang CC, Sun SH, Chan SY, Wang TH, Luo HJ. Effects of hippotherapy on body functions, activities and participation in children with cerebral palsy based on ICF-CY assessments. Disabil Rehabil. 2017 Aug;39(17):1703-1713. doi: 10.1080/09638288.2016.1207108. Epub 2016 Jul 20. PMID: 27440177.

Sunwoo, Hyuk et al. Hippotherapy in Adult Patients with Chronic Brain Disorders: A Pilot Study. Annals Of Rehabilitation Medicine, [s.l.], v. 36, n. 6, p.756-61, 2012. J Korean Acad Rehabil Med. http://dx.doi.org/10.5535/ arm.2012.36.6.756.

Santos PD. Silva FC. Sousa BA. Pires GKW. Iop RR. Ferreira EG. et al. Functionality and quality of life of children with disability. J Hum Growth Dev. 2018. 28(2):154-164. DOI: http://dx.doi.org/10.7322/jhgd.123455.

Oliveira, Alyne Kalyane Câmara, et al. “Repertório funcional de crianças com paralisia cerebral nos contextos domiciliar e clínico: relato de cuidadores e profissionais.” Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, vol. 26, no 3, dezembro de 2015, p. 390. DOI. org (Crossref), doi:10.11606/issn.2238-6149.v26i3p390-398.

Souza MS, Braga PP. O Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade e Suas Contribuições para Estudos Brasileiros. Rev Fund Care Online.2019. out./dez.; 11(5):1368-1375. DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175- 5361.2019.v11i5.1368-1375

Klatchoian, Denise Ascenção. Confiabilidade da versão brasileira do questionário genérico de qualidade de vida Pediatric Quality of Life Inventory versão 4.0 (PedsQL 4.0). 2007. 76 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2007.

Figueiredo Filho, Dalson Britto; Silva Júnior, José Alexandre da. Desvendando os mistérios do coeficiente de correlação de Pearson (r). Revista Política Hoje, Recife, v. 18, n. 1, p. 115- 146, 2009.

Mendes, Marina Barbosa. Gravidade Motora e Alterações da Marcha de Crianças com Paralisia Cerebral. Dissertação de Mestrado UFMG – 2018. 64 f., enc.: il.

Pinto, Andressa Hoffmann, et al. “Capacidade funcional para atividades da vida diária de idosos da Estratégia de Saúde da Família da zona rural”. Ciência & Saúde Coletiva, vol. 21, no 11, novembro de 2016, p. 3545–55. SciELO, doi:10.1590/1413-812320152111.22182015.

Lepage C, Noreau L, Bernard PM. Association between characteristics of locomotion and accomplishment of life habits in children with cerebral palsy. Phys Ther. 1998 May;78(5):458-69. doi: 10.1093/ptj/78.5.458. PMID: 9597060

Santos, Patrícia Domingos dos, et al. “Funcionalidade e qualidade de vida de crianças com deficiência”. J. Hum. Growth Dev., vol. 28, no 2, junho de 2018, p. 154–64. www. revistas.usp.br, doi:10.7322/jhgd.123455.

Leite, Jessica Cristina, et al. “Controle Postural em Crianças com Síndrome de Down: Avaliação do Equilíbrio e da Mobilidade Funcional”. Rev. Bras. de Educ. Espec., vol. 24, no 2, abril de 2018, p. 173–82. SciELO, doi:10.1590/s1413- 65382418000200002.

Dewar, R., Love, S. and Johnston, L.M. (2015), Exercise interventions improve postural control in children with cerebral palsy: a systematic review. Dev Med Child Neurol, 57: 504- 520. https://doi.org/10.1111/dmcn.12660.

Pavão, Sílvia L. et al . Relação entre o controle postural estático e o nível de habilidades funcionais na paralisia cerebral. Braz. J. Phys. Ther., São Carlos, v. 18, n. 4, p. 300-307, Aug. 2014 . https://doi.org/10.1590/bjpt-rbf.2014.0056.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 REVISTA INTERDISCIPLINAR CIÊNCIAS MÉDICAS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

INDEXAÇÕES 

     

 

 

 

ISSN 2526-3951