ASSOCIAÇÃO ENTRE ANSIEDADE, DEPRESSÃO E QUALIDADE DE VIDA EM CUIDADORES DE INDIVÍDUOS COM PARKINSONISMO

Linda Inez Moura Albino do Carmo, Amanda Almeida de Oliveira, Brenda Larissa Rodrigues Caldeira, Bruna Lorena Barboza Silva, Fabíola Nascimento Pereira, Renata Borges da Silva Lins, Victor Oliveira Maciel Rosa, Raquel de Carvalho Lana

Resumo


Introdução: A Doença de Parkinson (DP) é caracterizada por tremor de repouso, rigidez, bradicinesia, instabilidade postural além de sintomas não motores como depressão e alteração cognitiva. Considerando possíveis manifestações e o potencial incapacitante da doença, indivíduos com DP e outros parkinsonismos passam a depender de atenção diária e assistência individualizada, assumidas pelos cuidadores. Estima-se que cerca de 30% dos cuidadores apresentam depressão leve ou moderada e 60% apresentam estresse relacionado a esse trabalho. Lidar com as dificuldades apresentadas pelos parkinsonianos pode sobrecarregar o cuidador, levando a repercussões negativas e podendo provocar ou piorar sintomas de depressão e ansiedade. Objetivo: Avaliar se existe associação entre os sintomas de depressão e ansiedade de cuidadores de pacientes com DP e outros parkinsonismos e sua percepção de qualidade de vida. Metodologia:  Trata-se de um estudo observacional transversal. A amostra foi composta por dezesseis participantes submetidos à avaliação inicial, seguida dos questionários: Short Form Health Survey (SF-36), Inventário de Depressão de Beck (BDI) e o Inventário de Ansiedade de Beck (IAB). Resultados: Foram observadas correlações inversas e significativas, de magnitude moderada a elevada entre a depressão avaliada pelo BDI (-0,84r≤-0,13; p<0,05), a ansiedade avaliada pelo BAI (-0,88r-0,51; p<0,05), e quase todos os domínios de qualidade de vida dos cuidadores. Não foram observadas correlações significativas entre o BDI e os domínios Capacidade Funcional e Limitação por aspectos físicos do SF-36 e entre o BAI e a Capacidade funcional do SF-36. Conclusão: Os resultados da pesquisa indicam que os sintomas de depressão e ansiedade estão diretamente ligados à percepção de qualidade de vida dos cuidadores de indivíduos com DP e outros parkinsonismos. 

DESCRITORES: Associação; Cuidadores; Doença de Parkinson; Qualidade de vida.


Texto completo:

PDF

Referências


Lang AE, Lozano AM. Parkinson's disease. First of two parts. N Engl J Med. 1998 Oct 8;339(15):1044-53.

Langston JW. The Parkinson's complex: parkinsonism is just the tip of the iceberg. Ann Neurol. 2006 Apr;59(4):591-6.

Ahlskog JE. Diagnosis and differential diagnosis of Parkinson's disease and parkinsonism. Parkinsonism Relat Disord. 2000 Nov 1;7(1):63-70.

Keener AM, Bordelon YM. Parkinsonism. In: Seminars in neurology. Thieme Medical Publishers, 2016. p. 330-334.

Padovani C, Lopes MCL, Higahashi IH, Pelloso SM, Paiano M, Christophoro R. Ser cuidador de pessoas com a Doença de Parkinson: situações vivenciadas. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 71, p. 2628-2634, 2018.

Ferreira DP, Coriolano MGWS, Lins CCSA. A perspectiva do cuidador da pessoa com Parkinson: revisão integrativa. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 20, n. 1, p. 103-114, 2017.

Magalhães KR et al. Depressão em familiares cuidadores de idosos com doença de Parkinson. 2014.

Kumar H, Ansari S, Kumar V, Barry HD, Tahir A. Severity of Caregiver Stress in Relation to Severity of Disease in Persons with Parkinson’s. Cureus, v. 11, n. 4, 2019.

Seidl EMF, Zannon CMLC. Qualidade de vida e saúde: aspectos conceituais e metodológicos. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro , v. 20, n. 2, p. 580-588, Apr. 2004 .

Ferreira CG, Alexandre TS, Lemos ND. Fatores associados à qualidade de vida de cuidadores de idosos em assistência domiciliária. Saúde soc., São Paulo , v. 20, n. 2, p. 398-409, June 2011.

Lins L, Carvalho FM. SF-36 total score as a single measur of health-related quality of life: Scoping review. SAGE Open Medicine 2016; (4):1-12.

Campolina AG, Bortoluzzo AB, Ferraz MB, Ciconelli MR. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36). Rev Bras Reumatol. 1999; (39):143-50.

Trentini CM, Xavier FM, Chachamovich E, Rocha NS, Hirakata VN, Fleck MP. A influência dos sintomas somáticos no desempenho dos idosos no Inventário de Depressão de Beck (BDI). Rev. Bras. Psiquiatr. 2005; 2(27)

Cunha J. Manual da versão em português das escalas Beck. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2001; 171

PORTNEY, L. G.; WATKINS, M. P. Foundations of clinical research: applications to practice. 2ed. Upper Saddle River: Prentice Hall Health, 2000. 768p.

Munro B. Statistical methods for health care research (5th ed.). Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins, 2005; 567.

Barros JDS, Oliveira Neto JM, Silva SLB, Silva RS, Silva MFP. Percepção e expectativas de cuidadores no processo saúde/doença na pessoa idosa. Revista Saúde-UNG-Ser, v. 4, n. 2, p. 28-36, 2010.

Felipe SGB, Oliveira CES, Silva CRDT, Mendes PN, Carvalho KM, Silva-Júnio FL, et al. Anxiety and depression in informal caregivers of dependent elderly people: an analytical study. Rev Bras Enferm. 2020;

McLaughlin D, Hasson F, Kernohan WG, Waldron M, McLaughlin M, Cochrane B, et al. Living andcopingwithParkinson'sdisease: perceptionsof informal carers. PalliatMed [Internet]. 2011 [acessoem 22 ago. 2015];25(2):177-82. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20952448

Inouye, K, Pedrazzani ES, Pavarini SCI. Implicações da doença de Alzheimer na qualidade de vida do cuidador: um estudo comparativo. Cadernos de Saúde Pública, v. 26, n. 5, p. 891-899, 2010.

Tan SB, Williams AF, Morris ME. Experiences of care givers of people with Parkinson's disease in Singapore: a qualitative analysis. J ClinNurs. 2012 [acessoem 14 fev. 2020];21:2235-46. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-2702.2012.04146.x/epdf


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 REVISTA INTERDISCIPLINAR CIÊNCIAS MÉDICAS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

INDEXAÇÕES 

     

 

 

 

ISSN 2526-3951