DESAFIOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO INGRESSO E PERMANÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR E NO MERCADO DE TRABALHO

Autores

  • Dúnia de Almeida Miranda
  • Amanda Correia Rodrigues
  • Isabela Mie Takeshita
  • Carla de Paula Silveira

Palavras-chave:

Pessoas com deficiência, Ensino superior, Mercado de trabalho, Saúde mental

Resumo

Introdução: No mundo existem 1 bilhão de pessoas com deficiência (PcD) e no Brasil, em 2019, constatou-se que 25% da população possui algum tipo de deficiência. Quando se trata da inserção e permanência no ensino superior e inclusão no mercado de trabalho estas pessoas ficam desamparadas em consequência da falta de acessibilidade e desvalorização da sociedade. Objetivo: Conhecer os desafios vivenciados por PcD em sua inserção no ensino superior e no mercado de trabalho. Método: A pesquisa consiste em um estudo qualitativo de caráter exploratório. O estudo foi elaborado de forma síncrona através da plataforma Google Meet com os participantes obtidos através da amostragem em bola de neve. Resultados: Compreender os desafios que as PcD enfrentam para ingressar no ensino superior, concluir a graduação e também inserir no mercado de trabalho a fim de alcançar reflexões e melhorias para uma efetiva inclusão social destas pessoas. Conclusão: Percebe-se que a atuação das PcD no ingresso e permanência no ensino superior e mercado de trabalho, mesmo existindo normas jurídicas, é desigual e gera impactos negativos na saúde mental. Destarte, ressalta-se a importância da formulação de políticas públicas mais assertivas e da especialização da Psicologia para lidar com tais ocorrências.

Downloads

Publicado

06-11-2023